4 PROBLEMAS MAIS COMUNS NA GESTÃO DE TI

Para assegurar o bom funcionamento de todas as tecnologias utilizadas na empresa, é necessário tomar alguns cuidados internos.

A gestão de TI envolve muito mais do que um grupo de profissionais focados em executar tarefas técnicas isoladas para fornecer suporte para os demais setores de sua organização. É o processo que garante o uso inteligente da tecnologia a favor dos negócios. Por meio dele, as empresas são capazes de aprimorar os seus serviços e resultados ao utilizarem as inovações tecnológicas disponíveis corretamente, integrando todas os seus setores para que trabalhem em sintonia em prol do core business. Devido a nova importância que esse setor assumiu dentro das organizações, realizar uma gestão bem sucedida se tornou crucial para os negócios.

Por isso, as empresas devem evitar alguns problemas comuns que podem atrapalhar a evolução de sua infraestrutura de TI. Confira a seguir quais são esses problemas e aprenda a repará-los. Boa leitura! Quais são os problemas mais comuns na gestão de TI? A gestão de TI assumiu uma grande importância para as empresas atualmente, principalmente por causa da Transformação Digital. É necessário desenvolver um gerenciamento eficiente para ser capaz de acompanhar as inovações do mercado e utilizá-las corretamente nos negócios. O principal objetivo dessa gestão é integrar a TI aos demais setores para que, em conjunto, a organização se desenvolva estrategicamente e se destaque no mercado competitivo atual. No entanto, muitas empresas ainda não possuem esse setor estruturado e acabam cometendo muitos erros na gestão de TI. Confira a seguir quais são os principais deles e aprenda a evitá-los:

1. Não controlar os ativos de TI

A gestão de ativos consiste na catalogação de todos os bens físicos ou não da empresa, como computadores, servidores, bancos de dados, licenças de software, entre outros. Esse processo garante a segurança, disponibilidade e bom funcionamento de todos os ativos da empresa. Ele ajuda a identificar previamente a necessidade de atualizações, manutenções e até mesmo a detectar ferramentas ociosas e sem necessidade. Logo, quando a empresa não executa o controle de seus ativos pode sofrer com diversos imprevistos e prejuízos. Dessa forma, esse processo deve fazer parte da gestão de TI e ser realizado corretamente.

2. Não atualizar o ambiente de monitoramento

Atualmente, as empresas passaram a contar com ambientes robustos de tecnologia, os quais necessitam de monitoramento constante. No entanto, a maioria das empresas não contam com profissionais dedicados a essa função. Portanto, as empresas precisam buscar por softwares especializados para otimizar esse processo e simplificar sua gestão de TI. Ao utilizar ferramentas de monitoramento eficientes, é possível facilitar o acesso remoto aos dados e gestão da tecnologia. Assim muitos problemas podem ser resolvidos prontamente e de forma automática, o que garante a continuidade do negócio.

3. Não documentar a infraestrutura de TI

Para manter a alta performance de seus sistemas, as corporações precisam manter todos os seus processos documentados e é tarefa dos gestores de TI assegurar que tudo seja catalogado. Por meio da criação de um portfólio de serviços de TI é possível ter registro de todas as ações do setor para reparar problemas e otimizar tarefas. Desse modo, a empresa contará sempre com um documento atualizado sobre as melhores medidas a serem tomadas sobre sua infraestrutura de TI.

4. Não mostrar os resultados em tempo real

Outra importante tarefa da gestão de TI é conseguir mostrar os resultados da implantação de novas tecnologias no ambiente corporativo. Os gestores precisam ter sempre em mãos os dados que demonstrem a performance da TI e como ela está impactando nos negócios. Para mostrar resultados, é necessário investir em softwares de monitoramento, capazes de fornecer dados sobre a qualidade dos serviços de TI para que a gestão possa ser otimizada sempre que preciso. Há diversos cuidados que os profissionais de TI precisam ter para realizar uma gestão efetiva. No entanto, é crucial que todos estejam alinhados e comprometidos com os objetivos centrais da organização. Apenas assim, será possível direcionar o uso da tecnologia com foco nos negócios. E aí, conseguiu perceber a importância da gestão de TI para uma empresa? Deixe seu comentário e compartilhe esse conteúdo com seus colegas de trabalho.

Fonte: Blog Comstor

N&DC Systems Integration4 PROBLEMAS MAIS COMUNS NA GESTÃO DE TI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *