Tecnologia na Medicina: eleve a segurança de dados no ambiente de trabalho a outro patamar!

A tecnologia na medicina está ajudando hospitais em todo o mundo a aliviar suas cargas administrativas e melhorar os resultados de saúde dos pacientes. Agora, a tecnologia também está sendo usada na segurança da informação para garantir a segurança dos dados dos pacientes.

Aplicações como Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning (ML — também conhecido como aprendizado de máquina) estão permitindo aos agentes na saúde identificar qualquer sinal de ameaça e criar uma resposta célere e eficaz.

No artigo de hoje, te mostraremos os desafios que um ciberataque pode representar para organizações de saúde e como essas tecnologias estão sendo aplicadas na medicina para elevar a segurança no ambiente de trabalho! Acompanhe:

Os desafios de segurança de dados na saúde

As mais novas vulnerabilidades cibernéticas não são necessariamente a maior ameaça cibernética que uma organização de saúde pode enfrentar. De acordo com o relatório de cibersegurança da Cisco realizado em 2020 – “Simplifique para proteger”, não existem dúvidas de que os cibercriminosos são bem financiados e estão em constante inovação.

Consequentemente, muitas ameaças comuns continuam a ser problemáticas nos na área de saúde, incluindo:

  • Malware e ransomware: os cibercriminosos usam malware e ransomware para desligar dispositivos individuais, servidores ou mesmo redes inteiras. Em alguns casos, um resgate é exigido para retificar a criptografia;
  • Ameaças da nuvem: uma quantidade crescente de informações de saúde protegidas está sendo armazenada na nuvem. Sem a criptografia adequada, isso pode ser um ponto fraco para a segurança das organizações de saúde;
  • Sites enganosos: criminosos cibernéticos criam sites com endereços semelhantes a sites confiáveis para ludibriar funcionários desavisados. Alguns simplesmente substituem .com por .gov, dando ao usuário incauto a ilusão de que os sites são iguais;
  • Ataques de phishing: essa estratégia envia grandes quantidades de e-mails de fontes aparentemente confiáveis ​​para obter informações confidenciais dos usuários;
  • Pontos cegos de criptografia: embora a criptografia seja crítica para proteger os dados de saúde, ela também pode criar pontos cegos onde os hackers podem se esconder das ferramentas destinadas a detectar violações;
  • Erro de funcionários: mesmo que não intencionalmente, os funcionários de uma organização de saúde podem expô-la a riscos. Isso pode acontecer com o uso de senhas fracas, compartilhamento de senhas ou abertura de links suspeitos;
  • Dispositivos conectados à internet: outra ameaça crescente na segurança da saúde é encontrada nos dispositivos médicos. Conforme os marcapassos e outros equipamentos se conectam à internet, eles enfrentam as mesmas vulnerabilidades de outros sistemas de computador.

Tecnologia na medicina: o papel da automação ​​na segurança de dados

As inovações introduzidas pelos cibercriminosos em breve poderão superar as tecnologias que as organizações de saúde possuem atualmente. Para sobreviver, é fundamental que as equipes de TI da área de saúde desenvolvam e implantem tecnologias avançadas e integradas.

Felizmente, essas tecnologias já existem e estão disponíveis. A automação, por exemplo, é utilizada não só para tornar rotinas de trabalho mais eficazes, mas também para monitorar o perímetro da rede de uma organização de saúde e segmentar o tráfego.

Essas tecnologias de segmentação interna são capazes de identificar e isolar automaticamente dados confidenciais (localizados atrás de firewalls dentro da rede) com base em protocolos de segurança específicos. Isso garante que um dispositivo comprometido nunca seja capaz de se espalhar lateralmente e, assim, infectar toda a rede de saúde.

As equipes de TI da área de saúde também podem usar a automação para aprimorar ou substituir funções básicas de segurança e tarefas do dia a dia, como rastreamento e correção de dispositivos, e configuração de dispositivos de segurança e rede.

A automação também pode ser aproveitada para detectar vulnerabilidades de dispositivos, aplicar protocolos de segurança ou uma política de sistema de prevenção de intrusão (IPS) para protegê-los até que um patch esteja disponível, ou para modificar políticas e protocolos em tempo real em resposta a ameaças detectadas recentemente.

Tecnologia na medicina: o papel da Inteligência Artificial ​​na segurança de dados

Há um velho ditado em segurança de rede: “os invasores só precisam acertar uma vez. Você precisa estar certo todas as vezes”. A única maneira de ficar à frente dos cibercriminosos é agir imediatamente. Para isso, além de automatizar tarefas, a chave para a segurança da informação é a visibilidade.

Você não pode proteger o que não pode ver. Por outro lado, se você sabe o que está acontecendo em sua rede, pode identificar rapidamente qualquer comportamento anômalo e agir para impedir que se espalhe por toda a rede. O segredo para conquistar tamanha visibilidade é a Inteligência Artificial.

IA na Medicina

A IA permite à organização de saúde capturar e correlacionar todas as informações de ameaças relevantes da rede, adicionando transparência às operações. Junto com o Machine Learning, a IA faz com que os dispositivos de segurança da organização aprendam continuamente a partir dos dados observados para entender quais sinais apontam ou não para uma possível ameaça.

A atual tecnologia na medicina possibilitou a criação de uma base de conhecimento específica da indústria que pode ser “lida” utilizando análises de Big Data. Essas análises permitem examinar e analisar quantidades massivas de dados em tempo hábil, encontrando padrões de comportamento das ameaças, que são utilizados no desenvolvimento de soluções e infraestrutura de segurança posteriormente.

A segurança da informação na saúde precisa ser capaz de operar em velocidades cada dia maiores. Isso significa investir em tecnologia na medicina para automatizar as respostas aos ataques e permitir que as redes possam aprender com dados históricos para tomar decisões eficazes e autônomas.

Quer conhecer mais soluções de segurança para a saúde? Fale com nossos especialistas.

N&DC Systems IntegrationTecnologia na Medicina: eleve a segurança de dados no ambiente de trabalho a outro patamar!

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu aceito a Política de Privacidade